Recente decisão do STJ determina que Concessionária e Fabricante de automóveis respondem solidariamente por defeitos apresentados no veículo durante o prazo da garantia.

O caso ocorreu no Paraná, quando o consumidor recorreu dezesseis vezes à Concessionária para sanar as falhas apresentadas em um carro da GM.

O STJ decidiu, ainda, que o início da contagem do prazo de decadência para a reclamação de vício no veículo se dá após o encerramento da garantia contratual, desconsiderando assim a alegação de que o uso impróprio do veículo ou a ausência de revisões periódicas afastariam a responsabilidade.

Fonte: Universo Jurídico

Anúncios